Custos de produção de suínos caem em maio; produzir frango ficou mais caro

Os custos de produção de frangos de corte e de suínos tiveram comportamentos diferentes em maio segundo os estudos publicados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (embrapa.br/suinos-e-aves/cias). Enquanto o ICPFrango subiu 0,69% no mês de maio em relação a abril, fechando em 434,86 pontos, o ICPSuíno caiu 2,07% no mesmo período, chegando aos 419,68 pontos, menor valor do ano.

O aumento no ICPFrango foi influenciado principalmente pelo custo de aquisição dos pintinhos de um dia, que subiu 1,29% e representou 14,2% do custo total de produção. O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná, produzido em aviário tipo climatizado em pressão positiva, aumentou R$ 0,04 em maio com relação a abril, chegando aos R$ 5,62. De janeiro até maio, o ICPFrango acumula alta de 7,76%.

Já no ICPSuíno, a baixa foi causada principalmente pela influência dos gastos com nutrição (-2,11%), apesar dos aumentos com transporte (+0,23%). O custo total de produção por quilo de suíno vivo produzido em sistema tipo ciclo completo em Santa Catarina caiu R$ 0,15 no mês, chegando aos R$ 7,34. Agora, nos primeiros cinco meses do ano, o ICPSuíno acumula 4,79% de alta.

Custos mundiais – Estão disponíveis no site da CIAS os últimos números referentes aos custos de produção mundiais de suínos, fornecidos pela rede InterPIG, da qual a Embrapa representa o Brasil. Os resultados podem ser consultados no menu custos > custos em outros país (InterPIG), diretamente no link embrapa.br/suinos-e-aves/cias/custos/suinos/interpig ou no Comunicado Técnico número 588, disponível em ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/233412/1/COT588.pdf.

Os índices – Os estados de Santa Catarina e Paraná são usados como referência nos cálculos da CIAS por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente. Os custos de produção são uma referência para o setor produtivo. Assim, os resultados publicados na CIAS são derivados de coeficientes de produtividade pré-fixados, variando mensalmente apenas o preço dos insumos e fatores de produção. Além disso, suinocultores independentes e avicultores sob contratos de integração devem acompanhar a evolução dos seus próprios custos de produção.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Revista SuiSite

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data
AviSite
PecSite
PecSite

Revista AviSite

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

imagem01

Mais de 120 mil animais foram imunizados contra Peste Suína Clássica em Alagoas

A campanha faz parte do projeto piloto de implantação do Plano Estratégico Brasil Livre de Peste Suína Clássica (PSC). Página 18.

imagem02

Sistema de Gestão e Mobilidade à frente da Agroindústria 4.0

A Agrosys acompanha e segue atenta às mudanças que o mercado exige e entende que a transformação digital através de Sistemas de Gestão inteligentes tem sido essencial para alavancar todos os negócios relacionados à agroindústria. Página 20.

imagem03

Produção de carne suína de qualidade por meio de recursos genéticos e seus cruzamentos

Este trabalho apresenta algumas informações de pesquisa relacionadas à genética e demais fatores envolvidos nas alterações da qualidade da carne, e também as possíveis opções para melhorar a qualidade da carne no curto prazo, preservando o bom desempenho do sistema produtivo. Página 24.

imagem04

O que a genética reserva para o futuro da suinocultura

O advento de técnicas como a genômica, a edição genética, a evolução da bioinformática e o surgimento de novas metodologias reprodutivas, têm possibilitado um progresso genético mais rápido e eficaz. Página 34.

imagem05

Saúde intestinal na porca e seu impacto na produção de leite e resultados da leitegada

O período de lactação é fundamental na produção intensiva de suínos, pois ele está ligado diretamente ao desempenho subsequente dos leitões. Página 44.

imagem06

IPVS2022 tratará a suinocultura mundial de maneira holística

Os debates trarão informações e atualização de todos os elos da cadeia produtiva. Página 50.

imagem07

Está Chegando! Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura 2022

Além das oportunidades de negócios, o SIAVS será palco do maior congresso técnico do setor, com intensa programação e mais de 100 palestrantes do Brasil e de outros países. Página 54.

imagem08

O suinocultor está pagando para trabalhar

A suinocultura enfrenta a sua pior crise. Os altos custos de produção vêm na contramão dos baixos preços pagos pelo quilo do suíno vivo. Página 56.

Fale agora no WhatsApp