Novo presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtivo de Soja é apresentado

O ato aconteceu na 59ª reunião ordinária realizada no Ministério da Agricultura e Pecuária

A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Soja se reuniu na tarde da quarta-feira (29) para a 59ª reunião ordinária no Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). A reunião teve por objetivo a apresentação do novo presidente da câmara e o debate dos assuntos pertinentes ao setor.

O novo presidente da Câmara Setorial de Soja é o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), André Dobashi, e foi nomeado pelo ministro do Mapa, Carlos Fávaro, no último dia 14 de novembro por meio da Portaria nº 199/2023.

Na abertura, Dobashi agradeceu ao ministro Fávaro pelo convite e destacou a importância da câmara de soja. “A câmara temática é formada por diversos participantes e divisões distintas, mas com o interesse em comum que é levar o futuro dos grãos cada vez mais adiante e transformar o Brasil no celeiro de produção de alimentos”, disse.

Também afirmou que irá trabalhar para a produção de soja de forma sustentável e consciente, trazendo rentabilidade para os produtores.

Presente na reunião, o assessor especial do ministro Carlos Fávaro, Carlos Augustin, ressaltou que o trabalho em conjunto setor público e privado para o debate dos interesses do setor é grande importância. “Ter o esse braço privado trabalhando junto com o Mapa é muito positivo”, afirmou.

Além disso, ainda relatou que tem trabalhado juntamente com o ministro para o melhoramento e modernização das câmaras setoriais e temáticas a fim de trazer mais eficiência no trabalho realizados pelas câmaras.

Os temas debatidos na reunião foram a conjuntura do setor; a lei ante desmatamento e seus impactos para o comércio da soja; a umidade na classificação da soja; e a criação do grupo de trabalho para a elaboração do referencial fotográfico da soja.

O representante da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Leonardo Amazonas, mostrou que o Brasil é o maior produtor de soja e que os dados de outubro mostram que o país teve uma produção de 154,6 milhões de toneladas do grão, mais de 40 milhões de toneladas de farelo e mais de 10 milhões toneladas de óleo de soja na safra de 2022/2023. Para a safra de 2023/2024 estima-se uma produção de 162,4 milhões de toneladas do grão.

Segundo o coordenador geral de Apoio às Câmaras, Leandro Lima, será criado um grupo de trabalho para um banco de imagens da soja. “A criação do GT será para facilitar a identificação da soja durante o seu processo de produção, pois o banco fotográfico vai ajudar os pesquisadores neste trabalho”, destacou.

Também participaram da reunião a secretária da câmara e representante do Mapa, Alcileia Silva, representantes da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), dentre outros.

Notícias Relacionadas

Informativo diário | cadastre-se agora e receba diariamente a principais notícias do mercado gratuitamente

Canal Mundo Agro

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Revista SuiSite

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

sui1

Mulheres dirigem 1,7 milhão de propriedades rurais no Brasil e continuam quase invisíveis

Publicação Mulheres na Pecuária traz histórias femininas na gestão de fazendas pelo Brasil. Página 08.
sui2

De olho no mercado externo: com investimento de mais R$ 40 milhões, Topigs Norsvin inaugura Inovare Núcleo Genético, em Lages (SC)

Granja núcleo terá capacidade para alojar mais de mil bisavós; foco é mostrar ao mundo que o Brasil pode ser referência na produção e exportação de genética suína. Página 12.
sui3

Valor da Produção Agropecuária deve atingir R$ 1,159 trilhão este ano

Recordes de produção de lavouras respondem por esse resultado. Página 18.
sui4

Exportação cai, mas mercado doméstico se mantém estável

Estabilidade indica uma cautela nos elos finais da cadeia que não estariam ‘arriscando’ adquirir mais do que o que efetivamente será vendido. Página 20.
sui5

KemzymeTM Protease. Uma solução inovadora para melhoria da rentabilidade na produção de suínos

Com o aumento global dos custos para produção de proteína, é imprescindível que a digestibilidade desta seja melhorada.. Página 32.
imagem06

IPVS2022 tratará a suinocultura mundial de maneira holística

Os debates trarão informações e atualização de todos os elos da cadeia produtiva. Página 50.

imagem07

Está Chegando! Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura 2022

Além das oportunidades de negócios, o SIAVS será palco do maior congresso técnico do setor, com intensa programação e mais de 100 palestrantes do Brasil e de outros países. Página 54.

imagem08

O suinocultor está pagando para trabalhar

A suinocultura enfrenta a sua pior crise. Os altos custos de produção vêm na contramão dos baixos preços pagos pelo quilo do suíno vivo. Página 56.

Fale agora no WhatsApp